sexta-feira, 28 de agosto de 2015

O conceito de beleza nas diferentes culturas na “pele” de Esther Honig.

O padrão do que é considerado belo é geograficamente relativo, variando entre culturas a nível mundial. Este é um projecto que manifesta essas tendências numa escala visual imediata.

A jornalista Esther Honig criou uma série fotográfica chamada "Antes e Depois", em que pediu a 40 indivíduos de mais de 25 países "Faça-me bela, de acordo com a sua cultura".

Eis o resultado, verdadeiramente surpreendente em função das diferentes regiões/culturas. A diversidade do belo de acordo com a geografia mundial.


6 comentários:

  1. Interesting how cultures can affect the way we see people.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rick Forrestal. Yes... beauty is so subjective. Different people means different standards of beauty.

      Eliminar
  2. O que nos dá identidade é isto mesmo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Son da Mamã: Identidade cultural, cada povo com a sua beleza. Diversidade !

      Eliminar
  3. Respostas
    1. SuperSónica: O conjunto das diferentes imagens de estilo ilustra tão bem a diversidade no conceito de beleza.

      Eliminar

Diz aí nada ou coisa nenhuma.