domingo, 26 de fevereiro de 2017

A Lua tem de certeza uma palavra final a dizer...





Ó Lua que vais tão alto, redonda que nem um tamanco.

Ó Maria traz a escada que eu não chego lá com um banco.


A dona deste blog vai partir para parte incerta, vai, e é ir sem voltar. Tudo na vida tem principio e fim, e toda a gente sabe que não há nada que seja para sempre. A primeira vez que escrevi por aqui foi em 2010. Há 7 anos. Muita água passou por debaixo da ponte, e tanta coisa mudou na minha vida. Dei voltas de 180º graus, piruetas com mortais encarpados, aterrei de cabeça para baixo, chorei até não ter lágrimas, fui feliz até conseguir acreditar em realizar sonhos, viajei tudo o que pude, contei episódios divertidos e outros tristes do meu trabalho, falei e falei tudo o que me apeteceu com mais ou menos sentido, mais bem escrito ou só atabalhoadamente, mas sempre o melhor que consegui.

Agora apetece-me ir. E dou-me ao luxo de fazer apenas e só o que me apetece.

Se volto um dia? Talvez. Alguém que amei um dia disse-me : Nunca é muito tempo! Nunca digas nunca. A verdade é que já deitei por terra muitos dos meus nunca, mesmo aqueles que jurei serem impossíveis.

Fiquem bem e sigam a minha regra. Vivam-se, e nunca se esqueçam que a vida é demasiado curta e não vale a pena andarmos contrariados e sermos infelizes.

19 comentários:

  1. Obrigado por tudo. "Nunca" te esquecerei... David

    ResponderEliminar
  2. Que sejas muito feliz, beijao do teu tamanho!

    Ricardo Ferreira

    ResponderEliminar
  3. Vamos sentir a tua falta :)...beijinhos AC. Que sejas sempre muito feliz!

    ResponderEliminar
  4. Ohhh que pena :(
    Desejo te toda a felicidade do Mundo e muito obrigada pelos 7 anos de partilhas <3

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Desejo-te a maior das sortes :)

    Não te esqueças do teu próprio conselho.

    Tudo de bom :)

    ResponderEliminar
  6. Uma péssima notícia para começar a semana! Mas vai, AC! Vai, mas volta, que fazes muita falta para nos dares chapadas de realidade e para nos contares essa bela história de amor!

    Bj,
    Carla

    ResponderEliminar
  7. Tenho muita pena, gosto muito de te ler :)
    Sê feliz!!

    ResponderEliminar
  8. Desejo-te o melhor da vida.
    Sê muito feliz.
    NB

    ResponderEliminar
  9. Com mágoa me despeço, contudo, de forma não oficial, também eu já me despedi, se bem que sem fechar portas e de modo inconstante destas lides bloguísticas.
    O fim só existe se a memória se apagar, pelo que quê um blog é, acima de tudo memória.
    Fica bem, tudo de bom!

    ResponderEliminar
  10. Oh :'( Vai ficando, vai dizendo coisas, vem dizer olá...

    Beijo grande!

    ResponderEliminar
  11. Andei muito tempo afastada desta coisa da bloga - e ainda me afasto de quando em vez -, o teu blogue e saber de ti era uma das coisas que ainda me faziam vir cá. Espero que voltes, que a lua te traga porque vou ter saudades. No entretanto só te posso desejar tudo de bom, muitas aventuras e muita adrenalina. Mesmo sem te conhecer gosto de ti. beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Espero que voltes. É muito bom ler-te. Tudo de bom. Cristina

    ResponderEliminar
  13. Deixo um beijinho e sê feliz ☺
    até ao teu regresso

    ResponderEliminar
  14. Beijos, enfermeirinha! Que sejas feliz!

    ResponderEliminar
  15. Tenho pena que vás deixar de estar por aqui,gosto de te ler,de saber como tas,de saber as tuas historias,desde as mais felizes ás mais difíceis de lidar,gosto da maneira como falas de ti,do que te rodeia,do que é a tua vida,gosto de saber dos teus sonhos,dos teus medos e dos teus devaneios,gosto de ti,sei la,e gostava de saber que podia sempre passar por aqui e ler algo teu que me pudesse ver as coisas de outra forma.Li aqui historias realmente marcantes,coisas que pensamos que só pode acontecer aos outros e tens que teruma grande força e um grande coração para conseguir lidar com elas.Sei que não sou a única que vai sentir a tua falta,q a esta hora muitos já te deixaram palavras de carinho e de tristeza por saberem q vais deixar de andar por aqui,mas seja lá por onde andes que continues sempre com essa imensa vontade que tens de ser feliz e de encontrar o teu feliz para sempre,tenho a certeza que o mereces.Sei pouco de ti mas desse pouco que sei gosto e admiro e só de posso desejar o melhor sempre.Não sei a quanto tempo te sigo mas foi um prazer ler cada palavra e cada historia que aqui deixaste.Vais fazer falta por aqui...Sê feliz sim...beijinhos Márcia Vidal

    ResponderEliminar
  16. ola AC
    muito me espanta a tua despedida. ninguém no seu perfeito juízo deixa as palavras para mais tarde. tu es dona das palavras e por isso vais ter que voltar ja que vao fazer-te falta para gostares de ti e dos outros como sempre gostaste. sempre podes fazer amor com as palavras sem as publicares mas nao será a mesmo coisa e tu sabes isso.
    Espero que não demores e na próxima queiras beber uma cerveja na caparica. pago eu:)
    bjinhos do joaquim














    ResponderEliminar
  17. Irónico! Já não ando por aqui à muito tempo... Embora me lembre tantas vezes das horas que aqui permanecia :) lembro de textos, sorrisos, lágrimas, sentimentos...imaginava-te, chamava-te AC mas pra mim tinhas um nome próprio. Imaginava-te com uma loucura igualzinha à minha, identifacava-me contigo, achava que um dia destes até nos íamos conhecer pessoalmente :)
    Depois de tanto tempo, resolvo abrir o blog e... Estás a despedir-te?!!! Foi mesmo isso que eu entendi?!!! MAS EU AINDA NÃO TE CONHEÇO!!!

    Tenho um carinho enorme por ti miúda :) tanto me ajudaste :(

    Fica (será sempre até um dia)


    Bruna

    ResponderEliminar
  18. It is what it is accept it and move on. Sentia que este momento estava para chegar. Está na hora de ires. Espero que a vida te leve onde sejas FELIZ, como mereces, tanto. Guardo os momentos, as gargalhadas, as lágrimas, as histórias, a partilha. Guardo-te na memória. Gosto-te muito. Até Sempre AC e obrigada por tudo. Suri.

    ResponderEliminar
  19. E é triste, mas foi Muito Bom ler o que por aqui foi escrito!
    Era (é??) um blog "com muita vida e murros e abanões". Adorei.
    Beijinhos, bem haja e até sempre :D

    ResponderEliminar

Diz aí nada ou coisa nenhuma.